Como tirar visto para o Canadá

Compartilhar é se importar!

Neste artigo, irei te mostrar o passo a passo sobre como tirar o visto de turista para o Canadá, seja por eTA ou visto convencional.

Você já pensou em conhecer outro país? Como eu sempre falo, viajar para o exterior é uma experiência sem igual. Nessa aventura, temos a oportunidade de aprender e conviver com uma cultura totalmente diferente.

No entanto, se você está nesse artigo, é porque já está com o destino marcado para o Canadá, e quer saber como tirar o visto de turista para o país. Sendo assim, saiba que esse é um dos países mais belos do mundo, com clima e paisagens sem igual. Portanto, se você já decidiu que quer o Parque de Stanley ou a Torre CN, saiba que você irá precisa de um visto para o Canadá.

Sendo assim, esse será o tema do nosso artigo de hoje. Porém, saiba que o visto canadense para turismo é um pouquinho diferente do que muitas pessoas estão acostumas. Na verdade, ele se divide em duas modalidades: o visto convencional de turismo e o eTA, uma espécie de autorização eletrônica para entrar no território.

No entanto, é importante lembrar que em nenhuma dessas duas formas de visto é garantida que a sua solicitação de visto para o Canadá será aceita. Assim, mesmo que você preencha todos os requisitos, não existe uma maneira cem por cento garantida de visto.

Além disso, saiba que se você fará uma viagem que faça parada no Canadá, o visto do país também será exigido de você. Mas, se esse for o caso, não precisa se preocupar, pois não será cobrado nenhum custo para o visto. Dessa forma, basta informar no formulário de aplicação quando você for escolher qual é o tipo de visto solicitado.

Sendo assim, veja o passo a passo de como tirar o visto para o Canadá e aproveite as suas férias na América do Norte!

Como tirar o visto de turista para o Canadá

Se você já está decidido a fazer uma viajem ao Canadá a turismo, seja para explorar a famosa CN Tower, as Cataratas do Niágara ou até mesmo o Stanley Park em Vancouver, será necessário um visto convencional ou eTA canadense.

Vale lembrar que, caso você possua o visto de turista para o Canadá, o país não te dá direito para trabalhar nem estudar enquanto estiver na viagem. No entanto, se o curso durar menos que 6 meses, que é o tempo de validade do visto de turista do Canadá, você pode realiza-lo.

1. ETA – Eletronic Travel Authorization

A Autorização Eletrônica de Viajem, como também é chamado o ETA, é uma modalidade e visto para turistas muito mais acessível, além de possuir um tempo de processamento bem rápido.

Essa novidade foi apresentada apenas em 2017 para os brasileiros. Portanto, é comum encontrar pessoas que nem sabiam que esse visto existia.

No entanto, o eTA serve somente para aquelas pessoas que irão entrar pelo espaço aéreo. Sendo assim, se o seu plano é ir ao Canada por transporte terrestre ou marítimo, apenas o visto tradicional será aceito como entrada no território.

Quem pode solicitar o eTA?

passo a passo documentos necessários do visto para o canadá eTA
Se você possui um passaporte do Canadá ou dos Estados Unidos, tirar o visto canadense se torna uma tarefa bem mais fácil através do eTA.

Caso você seja brasileiro e já possua algum visto válido dos Estados Unidos, ou possuiu visto do Canadá nos últimos 10 anos, você está apto para solicitar o eTA.

Contudo, esse visto eletrônico não é aplicado em conjunto, afinal, existe uma grande chance de nem todos os membros da sua família estarem elegíveis para o eTA. Assim, se torna necessário a aplicação e o pagamento da taxa de solicitação de cada um.

Passo 1: Documentos necessários para o eTA

Como falamos acima, o eTA é um documento bem simples de solicitar, afinal, todo o processo é facilitado quando você possui ou já possuiu um visto para os EUA ou do Canadá nos últimos 10 anos. Sendo assim, a lista dos documentos necessários para o eTA é bem menor.

  • Passaporte válido por pelo menos 6 meses;
  • Visto americano
  • Cartão de crédito;
  • E-mail (de preferência um de uso recorrente) para o recebimento do eTA.

Leia também: Como tirar o visto para os Estados Unidos.

Passo 2: Preencha os formulários para o eTA

Os formulários para a solicitação do eTA estão disponíveis no portal do Governo do Canadá. Porém, fique atento na hora de assinar o documento, pois há um limite máximo de tempo para a conclusão do formulário.

Sendo assim, recomendo que você possua todos os documentos necessários ao seu lado na hora de começar o procedimento. Caso fique alguma dúvida, o próprio site disponibiliza um manual na língua portuguesa, onde eles explicam cada passo para o preenchimento de maneira bastante detalhada.

Passo 3: Pagamento da taxa do eTA

Ao acabar de preencher o documento, será necessário pagar a taxa de solicitação do eTA. Além disso, você deve imprimir o seu recibo na hora, pois ele não continuará disponível para impressão depois (e é necessário para a solicitação do visto).

Ao total, a taxa cobrada pela Imigração Canadense para autorizar o eTA é de C$7,00 (sete dólares canadenses). Assim, a taxa de solicitação pode ser paga através do Cartão de Crédito Internacional ou por pagamento Online.

Além disso, vale lembrar que esse dinheiro não será reembolsado. Portanto, se você aplicar a solicitação do visto e a mesma for negada, nenhum valor pago será devolvido.

Quanto tempo demora para sair a resposta do eTA?

Por incrível que pareça, o resultado do seu pedido para o eTA costuma sair em questão de minutos após o envio do e-mail. No entanto, caso ela não saia imediatamente, o tempo máximo é de até sete dias.

Em outros casos, o problema pode estar nos seus documentos. Sendo assim, você pode receber um e-mail resposta pedindo a confirmação de alguns dados ou a anexação de documentos adicionais.

Bem tecnológico, não? Você ainda não viu nada! Toda a sua documentação para o eTA canadense permanece no sistema. Dessa forma, você não precisa apresenta nenhum documento confirmando o seu visto para o país. Como o eTA é um visto eletrônico, ele irá constar no sistema de check-in de qualquer companhia aérea, além da imigração na entrada do país.

No entanto, como eu sou um pouco paranoico com essas coisas, recomendo que você leve uma cópia do seu e-mail de aprovação, só para não ter nenhum erro na hora de embarcar.

Qual o tempo de validade do eTA?

O eTA tem a validade de 5 anos ou até o vencimento do seu passaporte. Portanto, se esse documento vencer primeiro que o eTA, será necessário retirar um novo visto para entrar no Canadá, afinal, não é possível renovar o passaporte.

Sendo assim, preparamos um artigo no blog onde explicamos o passo a passo sobre como tirar o passaporte no Brasil.

Vale lembrar que o seu tempo de permanência no Canadá com o eTA é de no máximo 6 meses, seja para turismo, estudo, negócios ou até mesmo para transitar sobre o espaço aéreo do país. Além disso, o oficial de imigração pode determinar o seu tempo de permanência no país, que deve ser obedecido.

2. Visto Tradicional – TRV (Temporary Resident Visa)

como tirar o visto tradicional TRV para o canadá
O Canadá é um daqueles países que agrada qualquer visitante, afinal, suas atrações parecem não ter fim. Para isso, o visto canadense para turistas é essencial.

Também chamado de TRV (Temporary Resident Visa), o visto tradicional de turismo para o Canada é a principal forma de conseguir autorização para visitar esse país. Assim, ele é exigido independentemente da forma que você entrar no território, sendo por via marítima, terrestre ou aérea.

No entanto, se você tem o eTA e vai entrar no Canadá por via aérea, não precisa se preocupar com o TRV.

Quem pode solicitar o TRV?

Diferente do eTA, qualquer cidadão brasileiro está elegível para solicitar o visto de turista do Canadá. Porém, se você não está elegível para o eTA, não se preocupe, o processo para o visto canadense de turista é bem simples.

Passo 1: Documentos necessários para o visto tradicional de turista para o Canadá

  • Duas fotos recentes 3×5;
  • Comprovante de pagamento da taxa de aplicação;
  • Documentos de identificação (para cada membro da família)
    • Cópia do RG de cada membro da família que pedir o visto;
    • Cópia colorida do passaporte;
  • Documentos que comprovem a sua renda financeira
    • Cópia da Declaração de Imposto de Renda;
    • Cópia dos 3 últimos contracheques ou pró-labores recebidos;
    • Extrato bancário comprovando que você possui renda para se sustentar enquanto estiver no país;
    • Caso você for ao país patrocinado por alguém, é preciso apresentar a Carta de Custeio de quem irá pagar a sua viajem;
    • Se você possuir algum bem de grande valor no Brasil, como uma empresa, um imóvel ou um veículo, eles podem servir como comprovante financeiro da sua viagem.
  • Carta convite, caso você for visitar algum parente que mora no Canadá;
  • Carta da empresa que está te empregando atualmente, caso você estiver trabalhando e vai tirar férias no Canadá (recomendado apenas em viajem com duração de mais de 30 dias);
  • No caso de menores de idade, é necessária uma autorização de viagem assinada pelos responsáveis;

Vale lembrar que, se você foi para os EUA ou ao Canadá nos últimos 10 anos, possui a opção de apresentar os carimbos ao Consulado Canadense para a isenção dos comprovantes financeiros.

Além disso, é provável que o Consulado peça documentos adicionais para a autorização do visto, principalmente os de comprovação financeira.

Passo 2: Preenchimento do formulário do visto de turismo para o Canadá

No site do Governo Canadense, você tem acesso aos formulários para o pedido do visto de turismo no país. Portanto, preencha eles com todos os seus dados, e lembre-se de revisar o documento antes de entrega-lo.

No entanto, se você pretende retirar o seu visto de turista para o Canadá junto com a sua família, você terá que preencher alguns formulários extras. Porém, não se preocupe, o site do Governo Canadense fornece todos os dados que você precisa.

Assim que preencher o formulário, o próprio sistema irá fornecer um código para cada solicitante.

Passo 3: Pagamento das taxas de solicitação do visto para o Canadá

O pagamento das taxas do visto de turista para o Canadá deverá ser realizado através do próprio site do governo canadense. Portanto, será necessário o uso de um cartão de crédito e de um e-mail.

Sobre o e-mail, recomendo que você utilize um que use frequentemente, para não ter perigo de esquecer a senha ou algo do tipo.

Além disso, salve ao menos duas cópias do seu comprovante, pois eles não estarão disponíveis novamente. Um dos comprovantes deverá ser anexado aos documentos para o visto de turista enviados.

Passo 4: Enviar a solicitação de aplicação do visto para o Canadá

Esse é um dos últimos passos para o nosso tão sonhado visto de turista para o Canadá, então fique bem atento. Agora que você já separou todos os documentos necessários, preencheu o formulário de aplicação e pagou a taxa de solicitação, está na hora de fazer o pedido do visto.

Sendo assim, você possui duas opções: enviar a solicitação do visto canadense online, ou ir pessoalmente ao CVAC (Canadian Visa Application Center), representado pela VFS Global no Brasil.

Ao total, a VSF Global possui 3 escritórios no Brasil: São Paulo, Brasília e Rio de Janeiro. Portanto, se você quiser saber mais sobre os endereços de cada um dos escritórios e o horário de funcionamento, a empresa disponibiliza essa página para tirar qualquer dúvida.

Solicitação Online do visto

Para enviar todos os documentos necessários para a solicitação do visto para o Canadá, será necessário um scanner ou uma câmera capaz de tirar cópias de cada documento. Em seguida, você deve criar um arquivo para cada pessoa que pedir o visto, contendo todas as imagens.

Se a sua solicitação for aprovada, você irá receber um e-mail pedindo para enviar o passaporte ao VFS. Assim, todas as informações sobre endereços e outras instruções deverão estar no e-mail.

Portanto, quando os vistos já estiverem finalizados, outro e-mail será enviado para você, avisando que os documentos já podem ser recolhidos no CVAC ou por envio postal. Sendo assim, será cobrada outra taxa para o envio.

Solicitação no CVAC

Mesmo que você escolha fazer o pedido do visto no CVAC, não estará livre das taxas, Além da taxa básica do visto, será cobrada uma taxa de serviço para cada solicitante. Em seguida, o formulário será enviado ao consulado e analisado.

Ao retirar o passaporte, as suas opções são as mesmas do primeiro tópico: ou você retira no CVAC, ou paga a taxa de retorno para o documento ser enviado diretamente ao seu endereço. No entanto, vale lembrar que esse pagamento é realizado na hora no VSF e só é aceito o cartão de débito no pagamento.

Por mais que todo o procedimento pareça complicado, o CVAC oferece um atendimento para você na hora de preencher a sua aplicação para o visto do Canadá. Porém, esse serviço pode ser cobrado.

Quanto tempo leva para a resposta do visto de turista do Canadá?

O tempo máximo para o processamento da sua solicitação é de 12 dias, fora o intervalo de envio e retorno dos passaportes. Porém, se a biometria for solicitada, pode demorar um pouco mais.

No entanto, o portal oficial do Governo Canadense oferece um mecanismo para que você possa acompanhar o processamento do pedido.

Qual a validade do TRV?

Assim como o eTA, você só pode permanecer no Canadá com o visto de turista por 6 meses. No entanto, a validade do TRV é de 10 anos.

No entanto, como já explicamos, se o passaporte vencer antes do prazo de vencimento do visto de turista para o Canadá, o mesmo será anulado.

Isso ocorre pois não é possível renovar o passaporte. Sendo assim, é preciso fazer um novo documento, com outros dados e outro número de série.

Portanto, se o passaporte vencer, o seu visto para o Canadá se torna inválido. Dessa forma, será necessário repetir todo o processo para a retirada do visto novamente. Porém, você estará encaixado nos requisitos para o eTA, que é bem mais rápido e prático.

E aí, o que você achou desse artigo? Te convido a comentar abaixo qualquer dúvida que tenha restado ou dar algumas dicas para os viajantes de primeira viajem. Não esqueça de compartilhar o artigo em suas redes sociais, até mais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para o topo